Meu email

regina13carvalho@gmail.com

quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

De rouxinois e bem-te-vis


O rouxinol, imortalizado por Shakespeare no Romeu e Julieta, é pássaro tipicamente europeu. Por isso, os baba-ovos da Velha Terra vampírica acham o máximo... Faz tempo que li essa história, não lembro onde, mas em algum dos velhos cronistas. Na Europa, tomavam café com  o Velho Graça, Graciliano Ramos, que tinha fama de ranzinza. Nos jardins do lado de fora do hotel, um rouxinol cantava desbragadamente. E cantou e cantou, até que o Velho Graça grita, cá de dentro: Cala a boca, passarinho chato!


Hoje acordei com o bem-te-vi de sempre gritando seu estribilho do lado de fora. Por esses viezes caprichosos da memória, lembrei e disse: cala a boca, passarinho chato. Ri, e emendei: cala a boca, velho Graça, que vou dar relida nas tuas Linhas tortas, pó deixá!

Nenhum comentário:

Postar um comentário