Meu email

regina13carvalho@gmail.com

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

A parte difícil


(dando bronca, google images)

Ney fez a cirurgia na clínica Saint Patrick; o cirurgião se chama Eduardo Terbeck. As duas escolhas se revelaram ruins: a clínica é mercantilista, não tem recursos para atender a complicações, e, para piorar, não assume as responsabilidades que teria que assumir, caso se importasse com o paciente (o mínimo que esperamos da área médica). Para o médico que o operou, nem há qualificações.

Não vou dizer que houve imperícia, porque não tenho competência para fazer tal julgamento. Mas houve descuido, e houve omissão - quando o quadro do Ney começou a complicar, ele simplesmente desapareceu. Se tivéssemos sido avisados, teríamos tratado de transferi-lo mais cedo, não para a São Sebastião (do mesmo dono), como eles queriam, mas para um hospital, onde há estrutura mais adequada. A vida das pessoas merece respeito - e não cúpidas mãos tratando de agarrar a grana da CASSI, garantida por uma liminar judicial.

Vejo meu filho lutando bravamente pela vida, inclusive se submetendo a uma cirurgia que já é indício dessa disposição: levou três anos para se decidir, e quando o faz é tratado dessa maneira. Fico muito, muito indignada: com o desrespeito, com a falta de ética, com a cupidez.

O Hospital Celso Ramos é do SUS. E ali tenho visto os pacientes serem tratados com dignidade: pedem licença ao Ney para retirar sangue, mesmo estando ele inconsciente; cuidam de suas extremidades, que podem se machucar pela imobilidade; passam constantemente em seu leito. Preparam um idoso que faleceu, lavando-o em silêncio (testemunhei apesar das cortinas) e com cuidado; cumprem os horários e as regras. As regras podem nos parecer injustas; os horários, poucos. Mas as questões do hospital precisam e devem ser atendidas. Os médicos procuram nos passar boletins adequados: não tentam assustar, mas não tentam também criar falsas expectativas. Não precisei correr atrás de nenhum - como fiz com o Terbeck - para ter informações. Na hora do boletim, elas nos são passadas. Nos respeitam e respeitam o Ney.

Este registro não está sendo fácil de fazer. Mas quero deixar isso dito para mais gente, esperando que o alcance vá além deste blog: fujam da clínica Saint Patrick! Fujam do dr. Eduardo Terbeck!

13 comentários:

  1. Professora Regina, espero sinceramente que te tudo ocorra bem e que em breve possamos reclamar com ele do susto que nos deu. Saúde ao ney.

    ResponderExcluir
  2. Oi Regina
    Nunca mais entrei nos blogs que sigo, pois parei de blogar (mas estou voltando já) e li agora sobre seu filho. Espero que ele se recupere logo. Tudo de bom pra vc e pra ele. Bjs. mi.

    ResponderExcluir
  3. Querida Regina há muitos anos não nos vemos, casei e separei duas vezes, acabei de enfrentar um cancer de mama e aos 41 estou voltando a morar com minha mãe em Itajaí. Esteja certa que estamos fazendo aquela corrente de boas vibrações para q o Ney saia dessa mais fortalecido. Bjs

    ResponderExcluir
  4. Querida professora, estamos em corrente de otimismo e fé, irradiando amor e esperança para o Ney. Beijos, Deus te ilumine e acalme. Um beijo, Nega.

    ResponderExcluir
  5. Regina: imagino a tua dor e indignação com esta situação. Te desejo força, para que possas transmita-la ao teu filho, e estou nesta corrente, torcendo para que tudo dê certo e ele se recupere rapidamente.
    Abs
    Nilva Bianco

    ResponderExcluir
  6. Regina,
    Que o teu "abobado" volte logo à ativa pra encher o saco no Twitter com piadinhas sem graça sobre o Avaí. Força pra todos vocês e principalmente pro Ney. Bjo.

    ResponderExcluir
  7. A torcida pelo Ney é grande. Força aí.

    ResponderExcluir
  8. Querida madrinha de turma!! Estou à disposição para te ajudar com alguma coisa, seja por conhecer pessoas da área da saúde que possam ao menos te dar informações, porque o que mais indigna nessas horas é a falta de informação! Meu pai (85 anos) passou este ano três dias no corredor da emergência improvisada do hospital Celso Ramos depois te ter tido convulsões em casa e ninguém sabia se era derrame, avc... ele já está super bem há quatro meses porque conseguimos levá-lo num neuro particular. Mas se precisar usar minha rede de contatos, conte comigo! Beijos, Sara (3025.7775)

    ResponderExcluir
  9. que Jesus ilumine os médicos para encontrarem a cura e a família para terem tranquilidade. Melhoras ao Ney, que a senhora e a família fiquem fortalecidos com o amor de Jesus.

    ResponderExcluir
  10. A pouco tempo também perdi um amigo operado nesta clínica, acontecendo o mesmo problema, com ele perdendo a vida...fora outras histórias que já ouvi...é lamentável, cade as autoridades responsáveis??? Meu pesar aos familiares e amigos!

    ResponderExcluir
  11. minha cirurgia esta quase marcada p la com mesmo medico...agora vou mudar queria mais explicações...liguei p clinica que não pode fazer nada mais não sai daqui enquanto não fucei o nome do medico e achei ibnfelismente o meu....Que Deus conforte o coraçao de todos vcs....abraços Marisa

    ResponderExcluir
  12. Olá Regina no dia 24/10/11 também fiz cirurgia com Dr Eduardo Terbeck, concordo plenamente com você a respeito da qualidade e humanidade da clínica, porém a respeito do médico não tenho nada a reclamar, mesmo após a cirurgia sempre me trata muito bem, muito atencioso... o que aconteceu foi lamentável, mas sabemos que ao submeter-se a cirurgias desse porte sepse é um risco que se corre... Abraços e que Deus conforte sua dor e de sua família... Michele

    ResponderExcluir
  13. Ola Regina, fiz cirurgia com Dr. Eduardo,retirada de um cancer no intestino em AGO 2011.Nao o conhecia e o procurei por indicação de outro medico e posso dizer que foi um profissional competente, atencioso, objetivo e preciso na condução do meu processo.Continuo sua paciente, pois tenho muita confiança no seu trabalho.Concordo com voce em relação a clinica que precisa melhorar o seu atendimento. Que Deus os ilumine, pois ELE sempre faz o melhor por nós! Silvana

    ResponderExcluir