Meu email

regina13carvalho@gmail.com

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Amando o Maneca



Como não amar poeta que está sempre ali, na"parteleirinha", ao alcance da mão?

É só bater saudade, estendo a mão, e ele vem me fazer companhia, eu que sou tão artista quando coisa... Daí ele deixou de ser o Manoel de Barros, e virou Maneca. Mas como de Maneca do seu lado tá o Bandeira, ele é o Maneca de Barros. Muito, muito amado!

2 comentários:

  1. Meu preferido do Brasil. Ele fala a minha língua: a do passarim.

    ResponderExcluir
  2. Acho que a minha é a da pedra doce! beijão.

    ResponderExcluir